COPA X COZINHA - MEXICO

01 ABR 2014
01 de Abril de 2014


O que podemos falar sobre o México, um País não tão brilhante assim, para o futebol mundial, que como tantos outros, certamente não é um dos canditados a levantar a tão sonhada Taça de vitorioso desta famigerada Copa do Mundo de 2014, pois na visão de muitos, exceto talvez, seu próprio povo, a Seleção Mexicana, nada mais é que um numero, pois afinal de contas, temos de ter vários perdedores para vangloriar os ditos vencedores, porém para Javier Hernández Balcázar, mais conhecido como Chicharito, que atualmente, joga pelo Manchester United, Jorge Emmanuel Torres Nilo, que hoje defende o Tigres, time que nós sãopaulinos não podemos dizer que conhecemos assim tão bem, pois afinal de contas,eles fugiram da raia no intervalo, de uma final da Sul Americana, Francisco Guillermo Ochoa Magaña goleiro, joga pelo Ajaccio e tantos outros nomes, que fazem parte da Seleção Mexicana, eles se acham o máximo, porem, com certeza as partidas em que essa seleção disputará, não serão uma das mais concorridas e nem tão pouco darão tanta audiência assim, no entanto, como aprender nunca é demais, podemos nos aprofundar no México, fora do campo saindo da Copa e darmos um pulinho na sua cozinha.

Sabemos que o México utiliza a vegetação local, as especiarias e a carne para transformar seus pratos típicos em verdadeiros mosaicos de sabores. A culinária mexicana, descende da maneira de cozinhar dos povos que viviam no território e que ali chegaram depois, os maias e astecas deixaram alimentos e técnicas que se aprimoraram com a incorporação da culinária espanhola. Os pratos são coloridos em termos de apresentação, com mesclas de sabores fortes, e temperada com um sabor que remete à natureza. Como exemplo temos aqui alguns pratos típicos desse Pais, Alambres com camarão, que leva bacon, cebola e cogumelos fatiados, Burritos, iguaria muito consumida em várias partes do mundo, feito com carne moída e feijão preto, Taco, que é uma tortilha a base de milho recheada com carne moída alface e tomate, porem uma das receitas mais famosas da cozinha mexicana é a Guacamole, nada mais, nada menos que abacate amassado, cebola roxa picada, tomate e suco de limão, não podemos de forma alguma esquecer os chillies que são a marca registrada da cozinha mexicana, para dar um sabor tanto distinto, como picante, a essa culinária, sendo que existe uma grande variedade de chillies.

Porem para quem não vai torcer tão fervorosamente para a Seleção Mexicana, além de se deliciar da culinária acima citada, pode esquecer do tanto que foi tirado dos nossos bolsos para construção do monumental estádio em que essa seleção jogará, prepare uma boa Tequila a qual para os menos informados, é uma bebida alcoólica destilada feita da agave-azul, da região da cidade do mesmo nome no estado mexicano de Jalisco, porém, vá com calma, pois Tequila além da conta, pode fazer com que você não veja o final da partida, outra opção é o Balché, conhecida como a bebidas dos Deuses, o Torito Veracruzano, o Xtabentún, denominado de Nectar do Amor e ainda o Todo Poderoso: Yolixpa, mas nunca esqueça, alertamos uma vez mais: vá com calma, pois ainda tem muito jogo pela frente.

 

Berê Vidoca – 11.01.2014

Voltar