Um novo velho São Paulo em um velho novo clássico.

13 OUT 2019
13 de Outubro de 2019

 

Por: Tato Corlleone

 

Olá meus amigos da Tricolorfc, seguimos para mais um clássico a ser disputado no próximo domingo contra o eterno centenada.

Para quem nasceu de 2015 pra cá deve enxergar o mundo de uma maneira um pouco distorcida e não sabe por exemplo que o São Paulo é o clube que mais vezes na história goleou o Corinthians, time a ser enfrentado neste domingo.

Vencido este fato histórico relevante, seguimos para o que realmente importa! O que será deste velho novo São Paulo? Um time e um clube em constante mutação, em constante degradação, mas sempre forte e rejuvenescido pelo poder abismal de sua torcida que no pior momento político e dentro das 4 linhas de sua história, quebra recordes atrás de recordes de público, de mídias sociais, de consumo e etc...

Iniciamos recentemente nova maneira de pensar o futebol com Fernando Diniz, técnico este que pessoalmente me desagrada o sistema defensivo, mas em contrapartida se mostra o único pensador de fato para sistemas ofensivos. Vimos contra o Bahia um time trocando passes, invertendo posições, quebrando linhas defensivas e evoluindo taticamente. Longe do catado dos últimos anos salvas raríssimas exceções. Mas o que esperar deste São Paulo na terceira reformulação em menos de 10 meses e com grave e crônico problema de lesões?

Acho muito difícil o Diniz mudar sua maneira de jogar contra o rival, mesmo com mudanças fundamentais por contusão, devemos ver em campo um time dedicado na construção de jogadas, paciente para encontrar espaços e buscando posse de bola a maior parte do tempo. Na prática corremos riscos pois jogadores que entrarão nas vagas dos lesionados não tem a mesma qualidade de posse e passe, o que pode nos colocar em condição desfavorável em alguns momentos do jogo e sobretudo nos 30 minutos finais onde o São Paulo em um passado recente morre fisicamente.

O São Paulo é ainda uma incógnita quanto ao que se esperar a médio e longo prazo, mas a curto prazo veremos pelo menos um time organizado em campo, o que não necessariamente confere resultados positivos, mas uma linha de trabalho que Diniz adota desde sempre em seus times. Nos resta torcer e apoiar nosso maior do mundo São Paulo Futebol Clube.

E como eu sempre digo sobre este velho novo clássico, em jogos contra o “centenada”, se não tiverem ajudas externas não ganham!!

Vamos São Paulo!!!

By: Tato Corlleone - @tato_corlleone - @webtricolorfc – App: Tricolorfc – 13.10.19

 

Voltar