HERNANES FATURA O TRI DA BOLA DE PRATA

04 DEZ 2017
04 de Dezembro de 2017

 


Profeta, que recebeu o troféu em 2007 e 2008, foi eleito o segundo melhor volante do Brasileiro deste ano

 

Por: Paulo Pinto / saopaulofc.net

Vencedor do Prêmio Bola de Prata em 2007 e 2008, anos que terminaram com a conquista do Tricolor no Campeonato Brasileiro, Hernanes faturou o ‘tri’ nesta segunda-feira (4). Das mãos do ex-meio-campista são-paulino Toninho Cerezo, tri do Bola de Prata e bi Bola de Oro, o Profeta recebeu o prêmio de segundo melhor volante do torneio nacional deste ano.

“Primeiramente, gostaria de parabenizar pela festa, uma honra muito grande estar aqui com esses monstros sagrados do futebol brasileiro. E receber a Bola de Prata do Cerezo é especial. Assisti o mundial, e o meu amor pelo São Paulo nasceu naquela madrugada”, disse o camisa 15 do São Paulo, que completou.

“Depois de um ano e meio sem férias, porque joguei na Itália e China antes de voltar ao Brasil, é uma satisfação sem tamanho receber este prêmio. Queria agradecer ao São Paulo, que abriu as portas para mim. A comissão técnica e os jogadores também me ajudaram bastante e contribuíram, além da torcida que sempre nos apoiou”, afirmou.

Para conquistar a premiação, Hernanes teve média de pontuação de 6,40 nas 19 rodadas que disputou. Assim, superou Bruno Silva, do Botafogo (5,97), Arthur, do Grêmio (5,87), Lucas Romero, do Cruzeiro (5,68) e Maycon, do Corinthians (5,57).

O meio-campista reestreou pelo Tricolor em julho deste ano, na memorável virada por 4 a 3 sobre o Botafogo, no Rio de Janeiro, e marcou dois gols na épica vitória. Na ocasião, o São Paulo lutava para se reerguer na temporada, e contou com um Profeta inspirado para comandar a equipe na luta contra as últimas colocações.

O Profeta foi uma das grandes figuras na reabilitação da equipe são-paulina no Campeonato Brasileiro e mostrou um vasto repertório para balançar as redes e fortalecer o Tricolor no torneio nacional. Dos nove gols de Hernanes, três foram de pênalti (de perna direita), dois de falta (idem), dois de dentro da área (um de esquerda e um de direita), um de cabeça e um de peito.

Vale destacar que o capitão ainda concorre ao prêmio da CBF ‘Craque da Galera’, promovido pelo site Globo Esporte, em eleição com voto popular. O vencedor dessa etapa final receberá o troféu Craque da Galera na festa oficial da competição, na noite desta segunda (4), quando também serão anunciados, entre outros prêmios, a Seleção e o Craque do Brasileirão.

Confira abaixo as premiações do Bola de Prata 2017:

·         GOLEIRO: Vanderlei (Santos)

·         LATERAL-DIREITO: Fagner (Corinthians)

·         ZAGUEIRO: Geromel (Grêmio)

·         ZAGUEIRO: Balbuena (Corinthians)

·         LATERAL-ESQUERDO: Carleto (Coritiba)

·         VOLANTE: Michel (Grêmio)

·         VOLANTE: Hernanes (São Paulo)

·         MEIA: THIAGO NEVES (Cruzeiro)

·         ATACANTE: Luan (Grêmio)

·         ATACANTE: Dudu (Palmeiras)

·         ATACANTE: Jô (Corinthians)

TÉCNICO: Fábio Carille (Corinthians)

BOLA DE OURO: Jô (Corinthians)

FUTEBOL FEMININO: Sole Jaimes (Santos)

ARTILHEIROS: Jô (Corinthians) e Henrique Dourado (Fluminense)

GOL MAIS BONITO: Otero (Atlético-MG)

 

Voltar