A-DIOS, LUGANO

03 DEZ 2017
03 de Dezembro de 2017

Por: Dedé Vidoca

Sempre após uma partida de futebol, temos a coluna “Depois do Jogo”, dessa vez, o jogo acabou, o campeonato terminou, o ano do São Paulo findou, digamos que com uma participação no máximo razoável, em nosso “Título”, foi novamente, não cair. Terminamos em 13°, provando que o 13, nem sempre é um número de azar, pois nele entramos na Sul Americana, o que é um prêmio para quem fez um ano pífio, para não dizer medonho e “aterrorificante” aos torcedores, que voltaram a respirar sem aparelhos. Não fossem o acordar de Cueva, a determinação de Petros e Jucilei, a dedicação de Hernanes e a força de Pratto, sem dizer a confiança e o carinho da torcida, que foi o 12°, 13°e 14°, o principal fator, que deram uma “cara” de time de futebol de verdade e não aquele apático e sonolento, o qual entrava em campo, quando muito para arrancar um empate, fosse onde fosse.

Veio Dorival, não foi o herói da salvação, mas um dos responsáveis a mudar o Tricolor Paulista, blindaram o time, pactos foram feitos para tirar o São Paulo, dessa situação tão incomoda e, também não podemos deixar de desconsiderar, o valor incomensurável da raça uruguaia vinda do banco de reservas, de Lugano, que por sua vez, levou cartões em detrimento de sua paixão e dedicação ao clube.

Hoje, 03 de dezembro de 2017, bem depois do final da partida, fazendo um balanço geral, o que vimos não nos deixa tão esperançosos para 2018, porém, a preocupação é bem menor do que era em 2016.

Começaremos 2018 com técnico definido, com a base de um time, quase fechada, com alguns reforços necessários, no entanto, contamos com as promessas de Cotia, podendo ser boa parte destes reforços, alguns deverão sair, outros virão, porém, que sejam bem equacionadas e muito bem equilibradas em favor do São Paulo, que devem sempre ser a nossa prioridade

Diego Lugano, pela segunda vez vai nos deixar muita saudade, sendo o que mais queremos, é ter alguém que brigue, lute, discuta e respeite o manto que veste, e ele o fez novamente, deixará uma lacuna nos corações Tricolores, uma vez ainda que tenha sido num banco de reservas, lutou, mostrou que seu coração, é Tricolor, e é por essas e outras que te agradecemos Lugano, por ser mais um herói do nosso São Paulo.

 

By Dedé Vidoca - @dedevidoca - @webtricolorfc – App: Tricolorfc – 03.12.17

 

Voltar