EMPATE NECESSÁRIO!

20 FEV 2017
20 de Fevereiro de 2017


Por: Daniel Salles


Neste último sábado tivemos no Morumbi mais uma grande festa da torcida Tricolor: em seu segundo jogo como mandante, 43 mil são paulinos marcaram presença e provaram mais uma vez que a torcida está jogando junto com o time.

A combinação de ter o ídolo Rogerio Ceni no banco comandando o time, aliado a estreia da contratação mais cara da temporada no futebol brasileiro e ingressos a preços acessíveis estão garantindo jogos com grandes públicos para o Tricolor. No primeiro jogo em seu Estádio o público foi acima de 50 mil pessoas, com isso o São Paulo já será o recordista de público neste Campeonato Paulista, podendo apenas ele mesmo superar estes números.

A estreia de Lucas Pratto começou como a torcida esperava: logo aos 9 minutos do primeiro tempo, Bruno cruzou pela direita e o centroavante mostrou seu oportunismo ao disputar entre dois zagueiros e cabecear para o fundo das redes.

Porém a boa equipe do Mirassol não se abateu com o gol e foi para cima do São Paulo. Por duas vezes durante o primeiro tempo Sidão foi exigido e fez boas defesas.

No começo do segundo tempo o São Paulo ampliou com Rodrigo Caio e parecia que seria mais uma noite de festa Tricolor. Mas aos 30 minutos do segundo tempo, Maicon tentou sair driblando na defesa, e perder a bola nessa situação é fatal. O gol animou a equipe do Mirassol, que de tanto buscar, encontrou o gol de empate aos 47 minutos do segundo tempo, jogando um balde de água fria nos mais de 43 mil torcedores.

Se em 2016 o São Paulo estava sofrendo com o setor ofensivo, o mesmo não se pode dizer de 2017. Até agora o São Paulo tem 13 gols marcados. Porém sofreu 9 gols e ligou um sinal de alerta. A maioria dos gols sofridos pelo São Paulo foram originados de erros de passe no setor defensivo, algo que Rogério Ceni tem como método e treina exaustivamente: sair tocando a bola desde o goleiro sem chutão. 

Contudo, o resultado deste sábado mostrou que para o time que deseja jogar como o São Paulo está propondo, é necessário uma grande eficiência na troca de passes entre todos os setores. Erros de passe no setor defensivo já mostraram em outros jogos que são fatais. Contra a Ponte Preta os dois gols sofridos pelo Tricolor foram originados de erros do setor defensivo.

Ainda há muito o que corrigir. O empate após duas grandes atuações contra Ponte Preta e Santos servem para frear a empolgação e mostrar que ainda há muito a ser corrigido. É necessário intensificar os treinos para consertar estas falhas e a primeira fase do estadual serve exatamente para isso.

Ficamos com a certeza de que o bom início de Rogério Ceni no comando do São Paulo, buscando ser ofensivo a todo momento, é uma evolução dos últimos anos em que vimos times do Tricolor jogar. Estamos no caminho certo.

Saudações Tricolores!

 

By Daniel Salles - @dlrsalles - @webtricolorfc – 20.02.17

Voltar