CENI ROUBA A CENA

13 FEV 2017
13 de Fevereiro de 2017



Por Ugo Marques

 

O São Paulo conseguiu na tarde de ontem uma vitória expressiva e muito importante para o trabalho de Rogério Ceni.


Cenário era perfeito, 51 mil torcedores, apresentações de Pratto e Jucilei e o principal ingrediente da partida, a volta do MITO ao Morumbi. O Tricolor começou com muito toque de bola e dominando as ações, mas a Ponte Preta pretendia estragar tudo isso e aos 21 minutos do primeiro tempo, após falha de Thiago Mendes que perdeu a bola fácil no meio campo e Sidão que parece ter ido com a mão mole na bola, a macaca abriu o placar em um forte chute de fora da área de Matheus Jesus.


Parecia que o terror de 2016 voltaria, que não conseguiríamos a reação e seriamos mais uma vez derrotados dentro de casa, logo após o gol a Ponte teve outra chance em que Sidão se redimiu e salvou o que seria 2x0 contra, mas aos 32 do primeiro tempo Cueva roubou a bola que sobrou para Gilberto, que chutou para a defesa de Aranha e no rebote Cueva empatou para o tricolor.


Após o empate o São Paulo continuou em busca da vitória, e aos 43 ainda do primeiro tempo Cícero roubou a bola no meio campo e tabelou com Cueva, que acionou Gilberto cara a cara com Aranha, e o atacante tocou para o fundo do gol, desempatando a partida para alegria da torcida Tricolor.
O tricolor foi para o vestiário com a vitória parcial e parece que a conversa do técnico Rogério Ceni durante o intervalo surtiu grande efeito, a equipe voltou ainda mais aguerrida e determinada a ganhar o jogo, e aos 11 minutos Thiago Mendes chutou de fora da área para fazer um golaço e se redimir da falha no gol da Ponte.


E não parou por aí, o São Paulo não deu nem tempo da torcida comemorar o terceiro gol e logo em seguida, após grande jogada de Bruno e Luiz Araújo, que foi a linha de fundo, cruzou para Gilberto marcar o segundo gol dele na partida, era o São Paulo que os 51 mil torcedores esperavam, rápido, envolvente, atento, tudo o que o torcedor imaginou e mais um pouco para a tarde do dia 12/02/2017.


Aos 16 minutos do segundo tempo, mais um presente para a torcida Tricolor, Lugano entrou no lugar de Cícero que ainda está um pouco fora de ritmo, mas fez grande partida e comandou o meio-campo ao lado de Cueva.
E o tricolor queria mais, e aos 24 minutos o São Paulo, após cobrança de escanteio de Luiz Araújo, Gilberto desviou e marcou seu terceiro gol na partida e o quarto no ano.


E para não dizer que o segundo tempo foi perfeito, o time caiu de rendimento, algo natural até, após as entradas de Lugano, Araruna e Shaylon, o time passou a atuar em 3-4-3. Houve tempo até para Lucca, diminuir a vantagem do São Paulo.
O Tricolor venceu em seu primeiro jogo do ano no Morumbi, o primeiro de Ceni no estádio como técnico, é o líder do Grupo B com três pontos. Já a Ponte é lanterna do Grupo D com três pontos.

 

FICHA TÉCNICA


SÃO PAULO 5 X 2 PONTE PRETA
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/ Hora: 12/02, às 17h
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Auxiliares: Marcelo Van Gasse e Eduardo Ang Ribeiro
Público/ Renda: 50.952 presentes/ R$ 1.312.376,00
Cartões amarelos: Cícero (SPO); Jeferson, Kadu, Nino Paraíba (PON)
Gols: Matheus Jesus, aos 21'/1T (0-1); Cueva, aos 32'/1T (1-1); Gilberto, aos 43'/1T (2-1); Thiago Mendes, aos 11'/2T (3-1); Gilberto, aos 12'/2T (4-1); Gilberto, aos 24'/1T (5-1); Lucca, aos 38'/2T (5-2)

 

SÃO PAULO: Sidão; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; João Schmidt, Thiago Mendes (Araruna, aos 25'/2T) e Cícero (Lugano, aos 16'/2T); Cueva (Shaylon, aos 26'/2T), Gilberto e Luiz Araújo. Técnico: Rogério Ceni.

 

PONTE PRETA: Aranha, Nino Paraíba, Kadu, Fábio Ferreira, Naldon, Jeferson (Artur, aos 24'/1T), Jadson, Matheus Jesus (Yago, aos 27'/2T), William Pottker, Lucca e Clayson (Lins, aos 16'/2T). Técnico: Felipe Moreira.

 

ATUAÇÕES SÃO PAULO

 

6 - Sidão
Falhou no primeiro gol da Ponte, poderia ter espalmado o chute de Matheus Jesus. Mas logo em seguida impediu que Lucca fizesse 2 a 0. No segundo gol não tinha como espalmar para fora, não falhou.

6,5 - Bruno
Muito mal no primeiro tempo, mas voltou diferente para a segunda etapa, teve participação fundamental na jogada no terceiro gol.

6,0 - Maicon
Não teve culpa nos gols da Ponte. No geral foi pouco exigido.

6,0 - Rodrigo Caio
Assim como Maicon, não teve culpa nos gols do adversário. Pouco exigido pelo bom trabalho da equipe toda.

7,5 - Júnior Tavares
Ótima partida do garoto, com personalidade, atacou, defendeu, driblou. Parece ter mandado o recado ao técnico que não precisa mais improvisar ninguém ali.

6,0 - João Schmidt
Começou mal a partida e melhorou muito, como toda a equipe, no segundo tempo, acertou quase todos passes durante o jogo, mas errou um que resultou no segundo gol da Ponte.

6,5 - Thiago Mendes
Vacilou no primeiro gol, mas depois foi bem em sua função e fez um golaço.

7,0 - Cícero
Não tão intenso como Cueva, porém ditou o ritmo, buscou o jogo, sempre jogando em direção ao gol. Ótima partida, após sua saída o time caiu de rendimento.

8,0 - Cueva
Como joga bola esse baixinho, incomoda o adversário o tempo todo, deixa os companheiros sempre na cara do gol. Uma das boas coisas que 2016 nos deixou.

7,0 - Luiz Araújo
Precisa finalizar melhor, mas no quesito assistência hoje foi muito bem, grande jogada no lance do quarto gol e ótima cobrança de escanteio no quinto. Sabemos que não é um David Neres, mas o garoto será importantíssimo na temporada.

9,0 - Gilberto
Tinha tudo para desanimar com a chegada do Pratto, mas mostrou que pode ajudar muito na temporada, sempre no lugar certo e com o pé calibrado. Melhor atuação dele até aqui com a camisa tricolor.

5,0 - Lugano
Entrou para ser ovacionado, merece todo respeito pelo líder que ainda é, e pela postura correta em nunca reclamar de não ser titular.

5,0 - Araruna
Entrou com o jogo decidido e não teve muito o que mostrar.

5,0 - Shaylon
Entrou com o jogo decidido e não teve muito o que mostrar.

8,0 - Rogério Ceni
Time com posse de bola intensa, a conversa do intervalo foi demorada e parece ter surtido o efeito desejado, tem que ajustar algumas falhas do setor defensivo, mas o trabalho parece ser muito correto até aqui.

 

By Ugo Marques - @ugomarques - @webtricolorfc – 13.02.17

 

Voltar