MICHEL BASTOS – DE SUBSTITUTO A PROTAGONISTA

28 ABR 2015
28 de Abril de 2015


Michel Bastos, gaúcho com 31 anos, começou sua carreira nas categorias de base do Pelotas, onde se profissionalizou, após jogar o Brasileiro da série C em 2001, a Copa Sul Minas e o Campeonato Gaúcho em 2002 foi vendido para o Feyenoord, jogou no Excelsior, Atlético Paranaense, Grêmio, Figueirense, Lille, Lyon, Schalke 04, Roma, chegando finalmente em janeiro de 2014 ao São Paulo.

Em 2015, Michel Bastos começou a temporada com a difícil missão de substituir Kaká, aos poucos foi se adequando ao esquema do São Paulo, porém, na Libertadores ele tem sido fundamental na campanha  que levou o  Tricolor às oitavas,  sendo  que  de nove gols do time na competição, cinco tiveram participação direta do camisa 7, foram três assistências e dois gols.

– Quero ficar bastante tempo no clube. Por isso, vou seguir trabalhando e farei de tudo para que esse bom momento não acabe. Atuações assim dão confiança, como a vitória sobre o Corinthians, e deixam a equipe com mais vontade para brigar pelo título. A torcida está do nosso lado novamente e nos apoiando – disse Michel Bastos, no site oficial do São Paulo.

Na última quarta-feira, quando da vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, ele fez o segundo gol, sendo que antes, já tinha marcado na vitória por 1 a 0 sobre o San Lorenzo e dado duas assistências contra o Danúbio, fora de casa, vitória por 2 a 1, e uma na goleada por 4 a 0 sobre os uruguaios, no Morumbi. 

– O importante é fazer os gols e vencer sempre. Fico feliz pelas coisas acontecerem tão rapidamente, porque trabalho muito para isso. É gratificante ver que a minha chegada não foi em vão – acrescentou o camisa 7.

Fica uma pergunta no ar: Você acredita que Michel Bastos, está substituindo Kaká ou veio para fazer sua própria história no São Paulo?

 

Berenice Vidoca - @berevidoca - @webtricolorfc – 28.04.2015

Voltar