SÃO PAULO – CAMPEÃO NA RAÇA E NA FÉ

14 JAN 2015
14 de Janeiro de 2015


CAMPEONATO BRASILEIRO 86/87

Em duas partidas, a primeira no Morumbi e a segunda, no Brinco de Ouro da Princesa, marcaram mais uma história de perseverança, aplicação e muita fé, São Paulo – Bicampeão Nacional.

Ficha Técnica:

SÃO PAULO 1 x 1 GUARANI
(1º jogo)
data - 22 de fevereiro de 1987
estádio - Morumbi
Publico - 81.060

São Paulo - Gilmar – Zé Teodoro, Vagner, Dario Pereyra, Nelsinho – Bernardo, Silas, Pita – Muller, Careca e Sidnei (Pianelli). Técnico: Pepe

Guarani - Sérgio Neri – Marco Antônio, Ricardo Rocha, Fernando, Zé Mario – Tosin, Tite (Nei), Boiadeiro – Chiquinho Carioca (Catatau), Evair e João Paulo. Técnico: Carlos Gainete

Gols: Careca e Evair

Árbitro - Romualdo Arppi Filho

SEGUNDO JOGO e DECISIVO
Guarani 3 x 3 São Paulo (3×4 nos pênaltis)
Data: 25/2/1987
Local: Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Árbitro: José de Assis Aragão (SP)
Público: 37.370 espectadores

Gols: Nelsinho (contra) (G) aos 2min e Bernardo (SP), aos 9min do primeiro tempo; Pita (SP), a 1min, e Marco Antônio Boiadeiro (G), aos 7min do primeiro tempo da prorrogação; João Paulo (G), aos 5min, e Careca, aos 14min do segundo tempo da prorrogação.

Pênaltis:
Guarani – Tosin, Valdir Carioca e Evair;  
São Paulo – Dario Pereyra, Fonseca, Rômulo e Wagner Basílio.

Cartão vermelho: Vagner.

Guarani:
Sérgio Néri; Marco Antônio, Valdir Carioca, Ricardo Rocha e Zé Mario; Tosin, Tite (Vagner) e Marco Antônio Baiadeiro; Catatau (Chiquinho Carioca), Evair e João Paulo.
Técnico: Gainete.

São Paulo:
Gilmar; Fonseca, Wagner Basílio, Dario Pereyra e Nelsinho; Bernardo, Pita e Silas (Manu); Muller, Careca e Sidney (Rômulo).
Técnico: Pepe.

 

Tiago Gonçalves - @guga06 - @webtricolorfc – 14.01.2015

 

Voltar